Últimas

Trabalhador pode se candidatar a oportunidades de emprego pela internet

Foto: Divulgação
Os trabalhadores podem buscar oportunidades de emprego e se candidatar às vagas disponíveis no Sistema Nacional de Emprego (SINE) nas Agências FGTAS/SINE e pela internet, pelo Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). 
Há 5.420 vagas de trabalho abertas no Rio Grande do Sul, divididas entre os setores agropecuário (48,52%), comércio (28,86%), serviços (14,06%), financeiro (3,93%) e indústria (2,66%). As funções com o maior número de vagas são alimentador de linha de produção (1.502), vendedor de comércio varejista (493), abatedor (277), trabalhador polivalente da confecção de calça (277) e operador de telemarketing ativo (223). Na Região Metropolitana, são 2.024 vagas e, em Porto Alegre, 1.194. 
Nas Agências FGTAS/SINE, o trabalhador apresenta a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e é cadastrado no Sistema Mais Empregos. O atendente, então, verifica se há vagas abertas com o perfil do candidato. Em caso positivo, o profissional é encaminhado à empresa que ofereceu a vaga para participar do processo seletivo. Após a finalização do processo, a empresa informa à FGTAS sobre a ocorrência de contratação ou não. 
Pela internet, o trabalhador se cadastra no Portal Mais Emprego. O profissional precisa informar o número da identidade, da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), do Programa de Integração Social (PIS), Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) ou Número de Identificação do Trabalhador (NIT). Também é necessário informar a formação acadêmica e os cursos profissionalizantes realizados, além do seu perfil, pretensão e experiências profissionais, com e sem comprovação. 
O campo pretensão profissional é o local de preenchimento das vagas de emprego que o trabalhador deseja concorrer. É possível informar até seis cargos desejados. O Portal também possibilita ao trabalhador preencher e imprimir seu cadastro curricular e manifestar interesse por cursos de qualificação profissional, além de obter dados do PIS e informações sobre o andamento do seguro desemprego. 
Já o empregador pode enviar o requerimento do Seguro-Desemprego pela internet, informar demandas por cursos profissionalizantes e repassar os dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged) pelo Portal Mais Emprego. Também é possível anunciar vagas de emprego gratuitamente, selecionar trabalhadores para entrevista, registrar e acompanhar o processo de seleção, através do sistema Mais Emprego. 
Para se cadastrar no Portal, o empregador precisa informar o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), o CEI (Cadastro Especifico do INSS) ou o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Caso o empregador já tenha comparecido a uma Agência do Sine, o cadastro já estará preenchido, então será necessário apenas verificar se as informações precisam de atualização. O cadastro está dividido em cinco etapas, para que seja informados a identificação, contatos, principais atividades da empresa e o período que mais efetua contratações. Também é necessário selecionar a Agência FGTAS/Sine que ficará responsável por validar o cadastro e as informações das vagas que a empresa tiver diponíveis.
 

Texto: Jaíne Martins/ FGTAS
Edição: Léa Aragón/CCom
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Trabalhador pode se candidatar a oportunidades de emprego pela internet Rating: 5 Reviewed By: Ricardo Moura