Últimas

Projeto de banda larga para Canguçu


SGG apresenta projeto de banda larga pública em Canguçu

Projeto para implantação de banda larga nos serviços públicos em Canguçu será apresentado pela secretária-geral de Governo, Miriam Marroni, em audiência na prefeitura nesta sexta-feira, 1º, às 10h. A demanda de estudo de viabilidade técnica surgiu em audiência pública sobre o tema, realizada na Câmara de Vereadores do município, no final de março.

O estudo técnico foi desenvolvido em conjunto pela Secretaria-Geral de Governo, por meio da Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTITel),  CEEE, Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital (Secom) e Procergs. O principal objetivo do projeto é fazer chegar ao município a rede de banda larga pública, utilizando tecnologia via rádio, responsável por fazer a ligação entre as redes de transmissão existentes em Pelotas e Canguçu. A banda será de aproximadamente 200 MBps, que possibilitará a viabilização da Rede Física de Telecomunicações para o Tráfego de Serviços.

O município de Canguçu, de acordo com a proposta, será executora principal. O custo estimado dos equipamentos é de R$ 171.800,00, a serem captados pelo município, que pode se credenciar em programas federais de inclusão digital.  O acesso à banda larga pública é a primeira fase do projeto e significa prover com rede de internet banda larga escolas municipais e estaduais, postos de saúde, hospitais e estabelecimentos das corporações de segurança sediados em Canguçu, integrando informações e qualificando a prestação de serviços à comunidade.

Canguçu possui um forte movimento comunitário em defesa da qualificação da rede de internet, mobilizado por meio de reuniões, audiências públicas e manifestações a favor da implantação da banda larga no município.  Para a secretária-geral de Governo, Miriam Marroni, a chegada da banda larga irá melhorar a qualidade do serviço oferecido pelos órgãos públicos municipais. “Canguçu é uma cidade que se desenvolve por meio da agricultura familiar. Com esse projeto, podemos qualificar a prestação dos serviços públicos ao pequeno produtor. A tecnologia é uma ferramenta essencial para o progresso e, além disso, é um direito de todos”, pondera a secretária, exemplificando um dos muitos benefícios que a Infovia RS pode trazer para a região.

Barragem – Além do projeto de banda larga pública, a secretária também entrega ao prefeito Cássio Mota (PP) a licença emitida na quarta-feira, 30, pela Fepam para a construção da Barragem do Arroio Pantanoso, obra aguardada há muitos anos pelo município.  “Esta é uma luta de mais de cinco anos. A obra está sendo aguardada com muita expectativa pela comunidade canguçuense, ainda mais agora neste período de estiagem”, comemorou a secretária. Miriam Marroni promoveu várias reuniões sobre a barragem, no sentido de conferir a realização das tratativas legais e o cumprimento dos procedimentos básicos para a liberação da obra.

A licença emitida pela Fepam contempla as obras para ampliação do sistema de abastecimento de água do município, com construção de barragem, com vazão de captação inicial de 41 litros por segundo e final, de 62 litros por segundo, que se somará aos 40 litros por segundo já captados atualmente  na barragem do Moinho. A área alagada será de 55 hectares e o reservatório terá capacidade de 662,5 metros cúbicos de água. O custo da obra está estimado em aproximadamente R$ 9 milhões.  
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Projeto de banda larga para Canguçu Rating: 5 Reviewed By: Unknown