Últimas

Liberação da construção da Barragem do Pantanoso


Na manhã desta sexta - feira, 1º de junho de 2012, aconteceu no Salão Nobre da Casa de Cultura, a reunião preparada pelo prefeito Cássio Mota para receber a secretária Estadual Geral de Governo Mírian Marroni e Assessores.
 
Ela veio à Canguçu para detalhar a liberação da FEPAM - Fundação Estadual de Proteção Ambiental, a respeito da construção da Barragem do Pantanoso, obra aguardada pela comunidade há mais de 30 anos. Após várias lutas, passando por etapas que ultrapassaram vários governos no Estado, finalmente, a o projeto está liberado. Some-se a isto tudo, os recursos de ordem jurídico, desapropriações e outros, neste momento, segundo a secretária Mírian,  todas as etapas foram vencidas, inclusive, a de licitação para contratação da empresa construtora, estando já definida a Empresa Portosan, a qual está com o caminho aberto, para iniciar, dentro de poucos dias, a construção da Barragem. A obra prevê uma bacia captadora de água de 662,5 m3 de água, numa extensão de área alagada de 55 hectares. 
 

Todas as dificuldades foram vencidas, disse Mírian Marroni, saudando a luta da comunidade e de suas forças vivas: Prefeitura, Câmara de Vereadores, Sindicatos, Acican, COMUDE e todos quanto se envolveram, ao longo do tempo em favor dessa reivindicação. O Governo do Estado aplicará R$ 9 milhões, sendo que os recursos constantes do valor estimado inicialmente, girando por volta de R$ 17 milhões, foram tomados por empréstimo junto ao BNDS, envolvendo uma negociação entre o Governo, a CORSAN e o Banco. 
 
O prefeito Cássio Mota salientou que o dia de hoje é histórico para o município, uma vez que premia a luta de todos pela concretização dessa obra tão necessária para a comunidade, lembrando a participação de todas as entidades envolvidas, as brigas no bom sentido, travadas com a própria CORSAN em torno desta obra, o trabalho realizado em parceria para a construção da Adutora, feita com a participação da comunidade, que hoje já traz água do Pantanoso, para que se evite o racionamento até quando isto for possível, diante do quadro de estiagem, em fim, estamos prestes a ver o início da construção da Barragem, comemorou o Prefeito, agradecendo o interesse da secretária Mírian, como representante da Região e ao trabalho complementar que vem de outros Governos, pelo atual Governador do Estado.
 
Ainda na reunião, foi apresentado pelo diretor da Equipe de Técnicos do Departamento de Tecnologia e Informação da SEGG - Secretaria Estadual Geral de Governo, Sady Jacques, o Projeto Infovias RS - Banda Larga, destinado a suprir as necessidades de internet com maior qualidade para os órgãos públicos: Municipais, Estaduais e do Judiciário, sistema que deverá funcionar de forma interligada. O sistema propiciará ligar em rede, por exemplo todas as Escolas Públicas, das Redes Municipal e Estadual, assim como todos os órgãos, a extensão de mais Telecentros de Informática, inclusive, na área rural, até porque, um dos focos centrais desse Projeto é a Agricultura Familiar, levando às áreas rurais do município toda essa tecnologia, com a finalidade de ligar o homem do campo à toda a informação possível, principalmente, para que ele tenha conhecimento de novas técnicas de produção, melhoramentos e qualificações de suas propriedades, etc.
 
Essa ideia foi enfatizada pela Secretária de Governo, por várias vezes, e Canguçu foi escolhido para ser piloto desse projeto na Região, pela sua característica de município Capital da Agricultura Familiar, com o maior numero de pequenas propriedades rurais e por sua extensão territorial.
 
O projeto dependerá agora de estudos e levantamentos que serão feitos, em conjunto pela Prefeitura e Câmara de Vereadores, assim como outras entidades que serão chamadas a participar para a efetivação do Projeto Infovia RS/Banda Larga e implementação da Rede Backhall (Porta de Entrada), em nosso município. O projeto começa com a construção da Rede, usando estrutura da CEEE, como antenas entre Pelotas/Arroio do Padre e Canguçu e a instalação de centrais de equipamentos adequados ao sistema, num custo numa primeira etapa em torno de R$170 mil. Presentes também, na reunião o superintendente Adjunto da CORSAN João Guilherme dos Santos e o engenheiro Lui Pulgatti, da CEEE.
 
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Liberação da construção da Barragem do Pantanoso Rating: 5 Reviewed By: Unknown