Últimas

Um dia como Caça outro como Caçador


 
A cidade necessita de união para um crescimento rápido
A mudança do cenário politico em Canguçu traz a tona algumas novidades, após a posse do Prefeito Gerson Cardoso Nunes viu-se uma inversão de papeis, alguns atores principais e coadjuvantes trocaram de funções, mas nem tudo mudou!
 

Aos gestores públicos responsáveis por suas pastas na administração municipal é preciso ressaltar que agora exercem o papel de situação, defensores do modelo de governo que se inicia, responsáveis por na pra pratica colocar em execução todas as mudanças prometidas em campanha, não são mais meros opositores, passam a ser alvo daqueles que não concordam com a plenitude de sua atitudes ou apenas com algumas, criticas são parte do processo, algumas construtivas outras nem um pouco, sem direito a lagrimas ou choradeira, gestor publico competente trabalha e trabalha, não culpa a antiga administração somente, aponta soluções e mostra competência e conhecimento da sua função. 

Nossa cidade era sim marcada por diversos tipos de perseguição, os não aliados são inimigos em potencial e assim devem ser tratados, em muitos lugares do cenário politico a discriminação era a tônica, cada um querendo defender o seu, na câmara ou na prefeitura a politica marcou época por grupos de poder, questões importantes para o bem comum sempre tiveram diferentes interpretações , as de situação ou de oposição. 

Na última eleição de outubro de 2012 a mudança era vista e percebida com alguns meses de antecedência, dentro de repartições publicas o próprio funcionalismo anuncia a vontade do servidor e da população, vontade de corrigir o errado, e muita coisa era assim.
 

A própria votação já é um indicativo que eram muitos os problemas em Canguçu, falar nisso agora é quase um pleonasmo depois do resultado das urnas, bater, bater começa a parecer uma justificativa de incompetência. 

Agora passado alguns dias após a posse de Gerson Cardoso Nunes na Prefeitura de Canguçu é fácil notar que alguns proponentes da  mudança começam a exercer suas funções de caçadores, criticas, perguntas soam como uma tentativa de golpe de estado, questionamentos são elevados a potencia máxima e parte da mudança anunciada pode estar caindo por terra pelo menos neste primeiro momento. 
 

A necessidade leva diariamente milhares de pessoas as repartições publicas de Canguçu, pagadores do salário do nosso funcionalismo municipal querem soluções competentes, um serviço que renda, querem o reconhecimento da cidadania e o direito respeitado. Por outro lado temos servidores que necessitam de remuneração adequada, treinamento constante, respeito por direitos adquiridos e muitas vezes  tem muita paciência pelos desaforos ouvidos na profissão.
 

Nesta vida todos temos um dia de Caça e outro de Caçador, a diferença é a maneira que nos portamos em cada situação, pois é preciso lembrar que muitos dias de caça teremos em nossa existência,  no papel de caçador é preciso lembrar que a moeda tem sempre dois lados, respeito é o primeiro caminho  pela construção de uma cidade realmente justa para todos, é o mínimo que queremos.
 
 
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Um dia como Caça outro como Caçador Rating: 5 Reviewed By: Unknown