Últimas

Coordenação Estadual da Saúde da População Negra

Coordenadora Miriam Cristiane Alves

Evento sobre a Saúde da População Negra reuniu autoridades, comunidade e quilombos durante o dia de ontem na AABB. O evento regional, trouxe informações sobre a "Política Nacional de Saúde Integral da População Negra" e sua implementação em Canguçu. Instituída em 2009, a "Política Nacional de Saúde Integral da População Negra" (PNSIPN) é o esforço para reverter as desigualdades étnico-raciais e o racismo institucional que funcionam como determinantes sociais das condições de saúde desta população. Pela primeira vez, o Sistema Único de Saúde (SUS) prevê políticas públicas específicas para a população negra e, com isso, ações neste sentido começam a aparecer pelo Brasil.
Durante o evento em Canguçu, a coordenadora Miriam Cristiane Alves explicou que a intenção é solidificar uma política de estado, institucionalizando-a ao criar dispositivos legais. “Temos consolidado a discussão sobre a saúde da população negra junto aos trabalhadores, movimentos sociais e agora queremos ampliar para a sociedade gaúcha como um todo”, afirma Miriam. Ela cita ainda o financiamento de equipes de saúde da família, que tem dificuldade no acesso às comunidades quilombolas, e a ampliação da rede de cuidado às pessoas com doença falciforme, doença com prevalência na população negra.

Fotos: Assessoria de Imprensa

O Brasil é um país repleto de desigualdades decorrentes de questões regionais, étnico-raciais, etárias, de gênero e territoriais. O racismo é uma das expressões mais fortes dessas desigualdades, atingindo em torno de 47% da população brasileira. Na saúde, essas desigualdades se refletem nos dados epidemiológicos que evidenciam diminuição da qualidade e da expectativa de vida da população negra, tanto pelas altas taxas de morte materna e infantil como pela violência vivenciada de forma mais intensa por esse grupo populacional.
O propósito dessa Política é de garantir maior grau de equidade no que tange à efetivação do direito humano à saúde, em seus aspectos de promoção, prevenção, atenção, tratamento e recuperação de doenças e agravos transmissíveis e não-transmissíveis, incluindo aqueles de maior prevalência nesse segmento populacional.
A construção da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra está fundamentada nas evidências das imensas desigualdades em saúde dessa população e expressa o compromisso de governo com a diminuição das desigualdades. Reafirma também as responsabilidades de cada esfera de gestão do SUS na implementação de suas ações e na articulação com outros setores de governo e da sociedade civil, em especial com os movimentos sociais que representam a população negra.


Informações: Governo Federal e Secretaria Estadual de Saúde
  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Coordenação Estadual da Saúde da População Negra Rating: 5 Reviewed By: Unknown