Últimas

Pesquisadores da Udesc avaliam saúde de trabalhadores da produção de leite no RS

Trabalhadores rurais de fazendas de produção de leite na região de Cruz Alta (RS) estão participando de dois estudos que avaliam o impacto da atividade na saúde, especialmente em relação à postura corporal e força das mãos. A avaliação, iniciada em fevereiro e que se estenderá até maio, é feita por pesquisadores da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em parceria com a Universidade de Cruz Alta (RS).

Na foto: Prof. Dr. Noé Borges Jr e estudantes fazem avaliações.Foto: Divulgação/Labin/Udesc Cefid

Na Udesc, o trabalho está a cargo dos pesquisadores do Laboratório de Instrumentação (Labin) do Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), unidade da universidade no Bairro Coqueiros, em Florianópolis. O estudo faz parte de dois estudos focados em trabalhadores rurais na atividade leiteira, um deles abordando a “atenção à saúde postural” e o outro a “força máxima de preensão manual” dos produtores.

Participam das avaliações dos projetos de pesquisa 23 trabalhadores rurais selecionados em sete cidades do Rio Grande do Sul: Cruz Alta, Fortaleza dos Valos, Boa Vista do Cadeado, Boa Vista do Incra, Pejuçara, Catuípe e Santa Bárbara.

Tratamento

Num dos projetos, o objetivo é analisar e tratar desvios posturais dos trabalhadores rurais. Uma equipe da Udesc viajou à região em fevereiro para fazer as avaliações e verificar esses problemas. Desde então, os trabalhadores são atendidos por estudantes de fisioterapia da Unicruz, com intervenções para melhorar os problemas de postura. Em maio, os pesquisadores da Udesc voltam à região para avaliar os resultados.

Força incomum

Já a pesquisa focada na força de preensão manual tem o objetivo de medir a força das mãos dos trabalhadores rurais, de forma a criar curvas de preensão, dados importantes para os estudos científicos na área. “Já verificamos que eles têm, devido à atividade, uma força nas mãos bem maior do que encontramos em pessoas que vivem em áreas urbanas, mesmo atletas, por exemplo”, explica o professor Noé Gomes Borges Júnior, coordenador do Laboratório de Instrumentação da Udesc.

O convênio entre a Udesc e a Unicruz tem mais de quatro anos de duração, permitindo a troca de informações entre professores pesquisadores e o intercâmbio de alunos, desenvolvendo trabalhos em conjunto e em parceria com a comunidade.

Mais informações podem ser obtidas com o Laboratório de Instrumentação da Udesc Cefid, pelo telefone (48) 3321-8686.

Assessoria de Comunicação
da Udesc Cefid

  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Pesquisadores da Udesc avaliam saúde de trabalhadores da produção de leite no RS Rating: 5 Reviewed By: Ricardo Moura