Últimas

Produtores de Arroio do Padre terão tarde de conscientização



Evento terá palestras e teatro com temas relacionados à erradicação do trabalho infantil e à saúde e segurança dos produtores de tabaco. 


Agosto 2014 – Dos 268 municípios gaúchos que produzem tabaco, Arroio do Padre figura na 37ª colocação. Com mais de 600 produtores, a cidade localizada na região Sul do Estado sedia, no dia 07 de agosto (quinta-feira), o 6º Ciclo de Conscientização sobre a saúde e segurança do produtor e proteção da criança e do adolescente. A iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), empresas associadas e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) está em sua sexta edição anual e já reuniu cerca de 12 mil pessoas, em 32 municípios. 

O evento acontece a partir das 13h30, no Pavilhão da Comunidade Evangélica Arroio do Padre II (Avenida 25 de Julho – Centro). Voltado para produtores de tabaco e convidados, a programação inicia com um vídeo informativo sobre a correta aplicação, manuseio e armazenagem de agrotóxicos e conta ainda com a palestra sobre trabalho infantil, proferida pelo advogado, Dr. Veloir Dirceu Fürst, e por uma peça teatral com o grupo Espaço Camarim, de Santa Cruz do Sul, sendo este um momento lúdico e de retomada das principais mensagens. 

Pesquisa realizada durante o 5º Ciclo, em 2013, apontou que 97% dos participantes se sentiram melhor informados sobre os temas; 95% acreditam que o conhecimento sobre o assunto pode promover a mudança de atitude dos produtores na erradicação do trabalho infantil. “Temos orgulho em fazer parte de uma cadeia produtiva que gerou mais de R$ 5,3 bilhões para os 160 mil produtores de tabaco na última safra. Exportamos mais de US$ 3,27 bilhões no último ano, impulsionamos a economia de diversos municípios e geramos outras oportunidades de trabalho nestes locais, diretos e indiretos. Mas queremos que estes números estejam ancorados em um produto sustentável, sem emprego de mão de obra de menores de 18 anos e sem prejuízos à saúde dos produtores ou ao meio ambiente. Estamos no caminho certo.”, afirma o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke.  


Saiba mais sobre trabalho infantil. Acesse:
http://mslreleases.com.br/trabalhoinfantil/ 

6º CICLO DE CONSCIENTIZAÇÃO
Data
Município
UF
Produtores
Produção (ton)
03 de junho
Orleans
SC
862
5.064
29 de julho
Irati
PR
1.558
8.539
30 de julho
São João do Triunfo
PR
1.968
13.458
31 de julho
Itaiópolis
SC
2.313
11.771
05 de agosto
Barros Cassal
RS
1.432
6.688
06 de agosto
Vale do Sol
RS
2.850
13.744
07 de agosto
Arroio do Padre
RS
611
2.350
(Fonte: Afubra/Safra 2012-13)


SOBRE O CRESCER LEGAL – O 6º Ciclo de Conscientização atende aos termos dos acordos firmados perante o MPT-RS e MPT-Brasília e faz parte do programa Crescer Legal, que tem o objetivo de prevenir e combater o trabalho de crianças e adolescentes na cultura do tabaco, por meio da conscientização dos produtores integrados e da sociedade, bem como de projetos sociais no âmbito da educação e do lazer. De acordo com a legislação vigente, menores de 18 anos não podem trabalhar na cultura do tabaco. Neste sentido, o acordo prevê a exigência do comprovante de matrícula escolar dos filhos de produtores no período da assinatura do contrato de comercialização de safra entre produtor e empresa e o comprovante de frequência ao final de cada ano letivo. Caso seja constatado o trabalho infantil, as empresas estão comprometidas em comunicar o fato às autoridades competentes. Em caso de reincidência, a empresa não renovará o contrato para a safra seguinte.

SOBRE O PALESTRANTE – Advogado, procurador do Trabalho aposentado pela Procuradoria do Trabalho de Santo Ângelo (MPT/PRT 4ª Região), Dr. Veloir Dirceu Fürst é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Cruz Alta (1979), pós-graduado em Direito Público pela Universidade Luterana do Brasil (Canoas). Especialista em Relações Trabalhistas – Negociação Coletiva pelo Centro em Turim (Itália/Universidade de Brasília), advogou no período de 1980 a 1997; foi Juiz Leigo do Juizado Adjunto Especial e de Pequenas Causas Cíveis entre 1992 e 1995. Procurador do Trabalho nomeado em 1997 atuou em Campinas (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Santo Ângelo (RS), com jurisdição sobre 84 municípios. Entre 2007 e 2009, foi Membro da CODIN e Coordenador Estadual da COORDINFÂNCIA – Coordenadoria Nacional de Combate ao Trabalho Infantil.




Contato com a imprensa
Andreoli MSL Brasil
Eliana Stülp Kroth – eliana.stulp@mslgroup.com – (51) 3713-1777 / (51) 9708.5539
Érika Martins – erika.martins@mslgroup.com – (11) 3169-9349

  • Comente
  • Comente no Facebook

0 comentários:

Item Reviewed: Produtores de Arroio do Padre terão tarde de conscientização Rating: 5 Reviewed By: Ricardo Moura